No dia 28 de janeiro, celebramos o dia de São Tomás de Aquino, doutor angélico. Sua vida é a prova de que “Não se pode ser sábio sem estar na presença de Deus. ”

Sua principal ferramenta de trabalho foi a oração. Todas as obras de Tomás – desde os seus comentários às Escrituras, até a grande Summa contra Gentiles e a Summa Theologiae – só são o que são, porque nasceram de uma profunda amizade, sua com a própria Verdade, que é Deus.

Este grande santo nos orienta, com alguns conselhos para uma boa oração:

- A oração do Pai-Nosso é a mais perfeita das orações

Na oração do Pai-Nosso não só pedimos tudo quanto podemos desejar corretamente, mas ainda segundo a ordem em que convém desejá-lo.

Esta oração, não só nos ensina a pedir, mas ordena também todos os nossos afetos.

- Com a oração conhecemos a necessidade que temos de Deus

A oração é necessária não para que Deus conheça as nossas necessidades, mas para que nós fiquemos conhecendo a necessidade que temos de recorrer a Deus, para receber oportunamente os socorros da salvação.

- A oração contínua é necessária ao homem

Depois do batismo, a oração contínua é necessária ao homem. Embora sejam perdoados os pecados pelo batismo, ainda ficam os estímulos ao pecado; que nos combate interiormente, o mundo e os demônios que nos combatem exteriormente. Ademais, a oração contínua é necessária também para que o homem entre no céu.

Durante a noite, São Tomás, após um breve sono, permanecia no seu quarto ou na igreja, sempre em oração. Todas as vezes em que queria estudar, ler, escrever, antes se entregava ao segredo da oração, para que encontrasse as coisas de Deus no segredo da verdade.

Que possamos, através da vida de Santo Tomás, querer apenas o amor de Jesus- seu único desejo no fim da vida. Podendo ele pedir o que quisesse a Cristo, nada lhe exigiu senão: "Somente a vós mesmo, Senhor". Resposta essa que apenas um coração santo e cheio de sabedoria consegue dar.

Aprendamos com ele, a ouvir a Palavra de Deus como uma mensagem dirigida especialmente a nós: “envolvamo-nos com ela, alimentemo-nos dela, façamos dela o sangue que corre em nossas veias e alimenta a nossa pequenina inteligência. ”

“Para nos criar, Deus nos escolheu; para nos salvar, temos de escolher a Deus. ”

Santo Tomás de Aquino, rogai por nós, para que possamos ser firmes na escolha a Deus!

 

 

Deixe seu comentário

Post relacionados